Guerra Civil : Stuart Moore | Resenha [2]

0

Para começar as nossas novíssimas criticas literárias , trouxe um favorito nas listas nerds :
Guerra Civil. É a adaptação de uma das mais famosas e celebradas HQs do começo do século (Roteiro Mark Millar arte Stuart McNiven) feitas por um escritor famoso por adaptar HQs e filmes para livros e elogiado nessas edições pelos autores originais.

A aventura começa igual aos gibis apresentando uma missão do jovem grupo de heróis Novos Guerreiros, que é tragicamente concluída com uma explosão que mata toda a equipe e centenas de pessoa incluindo crianças de uma escola próxima .

Depois, o livro é dividido em partes e capítulos focando no ponto de vista de cada um, com destaque para os lideres Capitão América e Homem de Ferro, o jovem e confuso Homem aranha e Sue Storm e a família fantástica se despedaçando. Logo nesses primeiros capítulos, vemos a competência de Moore em descrever a ação de seus protagonistas de maneira a nunca entediar o leitor, quando em uma descrição cotidiana ou secundária como o simples checar de uma agenda de tarefas de Stark .

Como consequência do desastre de Stanford o governo aprova uma lei de registro e treinamento de super heróis, que divide a comunidade super-humana. A trama segue as consequências psicológicas da separação e da guerra iminente, com diálogos curtos que apresentam a opinião critica de secundários e de terciários de maneira convincente, como Demolidor e Viúva negra em ótimas cenas.

A historia se desenvolve muito bem, com o leitor querendo devorar muitas paginas em pouco tempo, porém as subtramas não desenvolvidas podem atrapalhar um leitor que desconheça as HQs, principalmente por essa novelização apresentar algumas diferenças da original aqui e ali . O ritmo desacelera um pouco no final com uma descrição não tão boa da ação no laboratório de Reed Richards, mas a batalha final entre as duas ideologias (que inevitavelmente vai para o meio da cidade) é emocionante e heróica e ao mesmo tempo trágica.

Pode se dizer que o livro tem 4 “cenas pós créditos”, focadas em certos personagens, dizer mais do que isso seria SPOILER. Guerra Civil é uma competente adaptação que honra o original, apresenta coisas, expande os horizontes da história, e é o ouro da excelente coleção de livros da Marvel publicados pela editora Novo Século.