Suicide Squad foi a maior decepção de 2016 para muitos, mas dividiu opiniões entre público e crítica, arrecadando $725 milhões de bilheteria e notas baixíssimas nos veículos como IMDb e Rotten Tomatoes. Mas o fato é que se tornou um grande expoente da cultura pop, alavancando a popularidade da Arlequina para os fãs que não liam quadrinhos e a tornando a maior personagem do ano passado, dúvida que não deixa enganar pelos inúmeros cosplays nos eventos nerds, como a Comic Con Experience.

Esquadrão teve algumas pré-indicações ao Framboesa de Ouro (o lado ruim do Oscar) e ao próprio Oscar, por Melhor Cabelo e Maquiagem. Porém a versão que mais fez sucesso, e dessa vez foi imparcial entre público e crítica, é a versão adulta. A versão pornográfica dirigida pelo renomado Axel Braun, que é conhecido desse público por dirigir paródias famosas de Caça-Fantasmas, Batman e Peter Pan.

Suicide Squad XXX foi o grande vencedor do AVN Awards, praticamente um Oscar da Acadêmia de filmes pornográficos. O filme produzido pelo estúdio Wicked ganhou como Melhor Diretor, Melhor Atriz, Melhor Paródia, Melhor Roteiro, Melhor Maquiagem, Melhor Performance sem-sexo, Melhor direção de arte e Filme do Ano. 

A versão adulta se tornou muito popular na internet e não à toa, por fantasiar os desejos nerds com os personagens do filme como Arlequina, Katana, Coringa e o próprio Batman, além de outros que não estavam no longa de David Ayer, como o Charada e a Nevasca. Confira o trailer censurado :

A paródia completa está disponível para compra na internet.