Antes de começar a ler este texto, um esclarecimento. Ele busca se focar em duas das maiores empreendedoras em quadrinhos. Marvel Comics e DC Comics. Outras empresas como Dark Horse Comics, Image Comics, IDW Publishing, entre outras, devido a um número menor de filmes e sem características de expansão, ficaram de fora.

iron_manEm 2008, a Marvel Studios iniciou o seu Universo Cinemático Marvel com o filme “Homem de Ferro”. Não que antes disso ela já não tivesse outros filmes, como Blade (New Line Cinema), Homem-Aranha e Motoqueiro Fantasma (Columbia Pictures), X-Men, Demolidor e Quarteto Fantástico (Twentieth Century Fox) e Hulk (Universal Pictures), mas com o filme do Gladiador Dourado o estúdio iniciava sua investida em algo maior.

the_incredible_hulk_bannerNo mesmo ano lançou “O Incrível Hulk”, com Edward Norton como Bruce Banner/Hulk, onde Tony Stark (Robert Downey Jr.) faz uma breve aparição com o general Thaddeus “Thunderbolt” Ross (William Hurt) nas cenas pós-créditos, iniciando o UCM (abreviação de Universo Cinemático Marvel). O sucesso de Homem-de-Ferro fez com que uma sequência fosse desenvolvida. “Homem-de-Ferro 2” (2010), além de trazer Tony Stark (Robert Downey Jr.), ainda lançava outros personagens como Nick Fury (Samuel L. Jackson) – que havia feito uma aparição especial em uma cena pós-créditos do primeiro filme –, Máquina de Combate – o personagem James Rhodes já havia aparecido no primeiro filme, sendo interpretado pelo ator Terrence Howard, mas foi substituído pelo ator Don Cheadle – e Viúva Negra (Scarlett Johansson). Na sequência veio Thor (2011), com o ator australiano Cris Hemsworth fazendo o personagem-título, ao lado de Tom Hiddelston como Loki. No filme também tínhamos uma pequena aparição do Gavião Arqueiro (Jeremy Renner).

captain-america-the-first-avengerFechando os filmes solos da conhecida Fase Um, tivemos “Capitão América: O Primeiro Vingador” (2011), onde apresentava a história de Steve Rogers (Chris Evans), um soldado raso que é submetido a um experimento e se torna o Capitão América. Esse filme recebeu criticas equilibradas, mas foi o último filme, antes da união de todos os personagens em “Os Vingadores” (2012). Nesse filme, fechando a Fase Um, Capitão América, Homem-de-Ferro, Thor, Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra e Gavião Arqueiro enfrentavam Loki e um horda de alienígenas que decidem invadir a Terra.

<hr />

marvels-agents-of-s-h-i-e-l-dAo final da Fase Um, o UCM tornou-se mais expansivo em 2013 com a série “Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D.” no canal ABC.

Iniciando a Fase Dois, temos o filme “Homem-de-Ferro 3” (2013), que não trouxe novidades ou inclusões de novos personagens, dando sequência ao universo do personagem em si, onde ele enfrenta um falso Mandarim (Ben Kingsley). Na sequência vemos “Thor: O Mundo Sombrio” (2013), onde o deus asgardiano volta para a Terra onde enfrenta Malekith. A grande mudança vem em “Capitão América: O Soldado Invernal” (2014), onde Steve Rogers precisa, junto com a Viúva Negra e o Falcão (Anthony Mackie), enfrentar seu melhor amigo, Bucky Barnes (Sebastian Stan), que se tornou uma ameaça russa conhecida como Soldado Invernal. Além disso, o filme traz um emaranhado de intrigas e conspirações, tornando esse filme um grande sucesso de crítica e público. O sucesso permanece com o lançamento de “Guardiões da Galáxia” (2014), o primeiro filme do UCM no espaço.

guardians-of-the-galaxy“Guardiões da Galáxia” era protagonizado por Chris Pratt (Peter Quill), Zoe Saldana (Gamora), Dave Bautista (Drax), Bradley Cooper (voz de Rocket) e Vin Diesel (voz de Groot). Devido o pouco conhecimento desses personagens – eles são mais conhecidos pelas pessoas que acompanham quadrinhos –, houve uma liberdade maior com a realização do filme, o que o tornou mais autoral e diferenciado. Nesse filme vemos mais detalhadamente as Pedras do Infinito e temos uma participação um pouco maior de Thanos (Josh Brolin) – que fez uma pequena aparição na cena pós-créditos de “Os Vingadores”.

avengers-age-of-ultronNa sequência, foi lançado o segundo filme dos Vingadores. “Vingadores: Era de Ultron” (2015), trazia a equipe, ainda protagonizada pelos mesmos personagens, enfrentando Ultron (voz de James Spader). Além disso, vemos a introdução dos personagens Pietro Maximoff (Aaron Taylor-Johnson), Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany). No fechamento da Fase Dois, é lançado o filme “Homem-Formiga”, protagonizado por Paul Rudd (Scott Lang), Michael Douglas (Hank Pym) e Evangeline Lilly (Hope Van Dyne), trazendo o personagem que reduz de tamanho e comanda uma colônia de formigas.

Ainda em 2015, o canal de TV ABC lançou a série “Agente Carter”, onde apresentava a agente da SSR – sigla de Strategic Scientific Reserve (Reserva Científica Estratégica) –, Peggy Carter (Hayley Atwell). Mas, mesmo com uma segunda temporada, a série foi cancelada.

captain-america-civil-war-bannerCom “Capitão América: Guerra Civil” (2016), o UCM iniciou a Fase Três. No filme, temos o surgimento dos personagens Pantera Negra (Chadwick Boseman) e do novo Homem-Aranha (Tom Holland). Na sequência veio “Doutor Estranho” (2016), colocando um pouco de misticismo e magia ao UCM. Em breve teremos “Guardiões da Galáxia Vol. 2”, “Spider-Man: Homecoming” e “Thor: Ragnarok” (2017), “Pantera Negra”, “Vingadores: Guerra do Infinito” e “Homem-Formiga e a Vespa” (2018), “Capitã Marvel” e – com as mudanças no UCM – um quarto filme dos Vingadores (2019). Além disso, os Inumanos terão um filme e depois migrarão para um seriado no canal ABC. A nova franquia do Homem-Aranha (Tom Holland), será em conjunto com a Columbia/Sony Pictures.

marvel-netflixMas a expansão da Marvel vai além dos cinemas e TV, pois em um acordo com o Netflix, um serviço de streaming que nos permite assistir os seriados aonde e quando desejarmos, seja no computador, tablets, smartphones ou smartTV, ela lançou “Demolidor” (2015), “Jessica Jones” e “Luke Cage” (2016), além das séries “Punho de Ferro” (2017), “Os Defensores” (2017) e “Justiceiro”, que não tem ano para ser lançado, ainda.

Fora do Universo Cinemático da Marvel Studios, a Twentieth Century Fox, detentora dos direitos dos filmes mutantes e do Quarteto Fantástico, pretende uma colisão entre esses dois grupos, mas depois do fracasso do reboot Quarteto Fantástico (2015), não sei se essa ideia vai à frente. Já com o sexto filme dos mutantes, “X-Men: Apocalipse” (2016) e o filme Deadpool (2016), as coisas foram diferentes. Mesmo com críticas em equilíbrio para o primeiro, o segundo recebeu uma massiva positividade. Além disso, surgiu o anuncio de um terceiro filme com Wolverine.

logan-bannerFechando sua participação como o mutante carrancudo com garras de adamantium, Hugh Jackman estrelará Logan (2017). Ainda existe, também, a possibilidade do filme-solo do personagem Gambit, sendo estrelado por Channing Tatum.

<hr />

Já a DC, chegou a lançar filmes que eram extensões de seriados televisivos.

Tendo o ator George Reeves como protagonista, a Lippert Pictures lançou o filme em P&B “Superman and the Mole Men”, em 1951, para depois migrar para a TV em 1952 no seriado “Adventures of Superman”. Já em 1966, Batman estreou no canal de TV ABC, com uma série protagonizada por Adam West e Burt Ward fazendo, respectivamente, Batman e Robin. No mesmo ano a Twentieth Century Fox lançou o filme “Batman”, com os atores protagonistas do seriado.

superman-the-movieJá pela empresa Warner Bros., a DC Comics chegou aos cinemas em 1978 com o filme “Superman”, estrelado pelo ator Christopher Reeve. Nunca pensou ou mesmo cogitou uma expansão de seu universo no cinema, mantendo por mais outros três filmes a figura do Homem de Aço.

batman-1989Somente em 1989 a Warner investiu em outro personagem da DC Comics, Batman, que completava seus 50 anos de existência. Este também teve filmes sequenciais, que perduraram até 1997 com o fatídico “Batman & Robin”, que foi fracasso de crítica, onde se tem a primeira menção de outro personagem da DC Comics. Em 2005, o Homem-Morcego retornou aos cinemas com “Batman Begins”, dando uma nova guinada na carreira cinematográfica dos personagens da DC. Com esse filme, a Warner investiu em “Superman: O Retorno” (2006) – outro fracasso do estúdio – e em mais duas sequências de Batman, “Batman: O Cavaleiro das Trevas” (2008) e “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” (2012), mas antes disso fracassou – novamente – com “Lanterna Verde” (2011), que não agradou nem a crítica e nem ao público.

man-of-steelEm 2013, depois de ver o sucesso que a Marvel se tornou nos cinemas com seu Universo Expandido, a DC lançou “O Homem de Aço”, onde começou seu Universo Cinematográfico que ganhou mais expansão com o filme “Batman vs. Superman: A Origem da Justiça” (2016), trazendo o Superman (Henry Cavill) contra o Batman (Ben Affleck), além de nos apresentar a Mulher-Maravilha (Gal Gadot), e trazer breves aparições do Aquaman (Jason Momoa), Flash (Ezra Miller) e Victor Stone (Ray Fisher), alter-ego do Ciborgue. O filme é o pontapé inicial para “Liga da Justiça” (2017), que trará esses personagens unidos para enfrentar uma grande ameaça à Terra. Além desse, ainda teremos Mulher-Maravilha (2017), Flash (2018), Aquaman (2018), Tropa dos Lanternas Verdes (2020) e Ciborgue, que está sem previsão de lançamento.

<hr />

Já na TV, a Warner iniciou no canal The CW um outro universo – que gerou muitas críticas – com a estreia da série “Arrow” (2012 até o presente). Na sequência ela lançou o spinoffThe Flash” (2014 até o presente), “Gotham” (2014 até o presente), que é transmitido pelo canal de TV Fox e aparentemente não faz paralelo com “Arrow” e “The Flash), mostrando o passado de Bruce Wayne (David Mazouz) e James Gordon (Ben McKenzie). Foi lançado também a série “Constantine” (2014-2015), no canal de TV NBC, mas que terminou cancelada por falta de público.

dc_on_the_cw_promo_bannerOs sucessos de “Arrow”, “The Flash” e “Gotham” deram ânimo para que a Warner lançar outras séries como “iZombie” (2015), no canal The CW, “Supergirl” (2016), que teve a primeira temporada transmitida pelo canal de TV CBS, mas migrou para o canal The CW, o spinoff DC’s Legends of Tomorrow” (2016), também para o canal The CW, além de “Lúcifer” (2016) para a o canal de TV Fox e “Preacher” (2016) no canal de TVAMC – o mesmo dos sucessos “The Walking Dead” e “Fear The Walking Dead”, também baseados em histórias em quadrinhos.

cinema-tvA invasão midiática dos personagens dos quadrinhos continua. Para alguns ela é temporária, pois dentro em breve se tornará exaustiva. A quem diga que ela já começou, mas com tantos filmes ainda por serem lançados, fica difícil crer nisso. Existem possibilidades de filmes por mais cinco anos e, dependendo, pode se estender cada vez mais, sem contar às séries que cada vez mais se tornam sucessos gerando outras que interagem entre si.

Cada dia, mês e ano que passa, eu vejo esse desgaste mais distante e, por mais que deseje um fim, ele parece que dificilmente ocorrerá.

ADENDO: A fonte de pesquisa para as informações acima foi o Internet Movie Database (IMDb).